Volume
Rádio Offline
O U2 reestreou a turnê em que celebra o seu álbum "The Joshua Tree" de 1987...
09/11/2019 12:45 em Música

O U2 reestreou a turnê em que celebra o seu álbum "The  Joshua Tree" de 1987 com uma apresentação em Auckland na Nova  Zelândia. O quarteto faz assim algo não muito comum no mundo da  música ao retomar um giro que, acreditava-se, havia sido definitivamente  encerrado em outubro de 2017 com uma série de shows no Estadio do  Morumbi em São Paulo.

Em 2018, a banda voltou à estrada com outra tour: a "Experience +  Innocence" que passou por arenas da Europa e América do Norte.  Agora em 2019, a banda decidiu se apresentar na Austrália e Ásia, mas  com a turnê anterior. Ela manteve o mesmo palco (marcado pelo telão  gigantesco que exibe filmes especialmente produzidos para esses  shows) e o setlist básico, que inclui a execução na íntegra, e na mesma  ordem ouvida no disco, do quinto disco de estúdio deles. Mas algumas  novidades também apareceram na Nova Zelândia.

O show ainda começa da mesma forma, com os músicos em uma  plataforma mais ao centro tocando, ainda sem o auxílio de efeitos  visuais, quatro canções lançadas na primeira metade dos anos 80:  "Sunday Bloody Sunday", "New Year's Day", "Bad" e "Pride (In The  Name Of Love)". Depois é a vez das onze músicas de "The Joshua  Tree", de "Where The Streets Have No Name" a "Mothers Of The  Disappeared". A surpresa foi a inclusão de "Angel Of Harlem" de 1988  como uma "faixa bônus" a essa parte do concerto.

Em seguida o grupo deixa o palco e retorna para mais sete músicas que  mostram um pouco do que eles fizeram a partir dos anos 90. É a hora  de "Elevation", "Vertigo", "Even Better Than The Real Thing",  "Beautiful Day" e "Ultraviolet (Light My Way)", além das mais recentes  "Every Breaking Wave" e "Love Is Bigger Than Anything In Its Way". O  encerramento definitivo com "One" também foi mantido.

O U2 levará esse show ainda para Austrália e Japão, além de Coreia do  Sul, Singapura, Filipinas e Índia, quatro países onde eles nunca se  apresentaram...

Fonte: Vagalume

 

COMENTÁRIOS